Blacklist International partnership with Rivalry

Blacklist International e Rivalry reforçam laços no cenário de esports de Dota 2

Num desenvolvimento significativo para o panorama dos esports de Dota 2, a Blacklist International, uma organização de esports sediada nas Filipinas sob a égide da Tier One Entertainment, renovou a sua parceria com a casa de apostas de esports Rivalry. Esta colaboração marca um compromisso contínuo com a equipa de Dota 2 do Sudeste Asiático, Blacklist Rivalry, uma joint venture que rapidamente deixou a sua marca no cenário competitivo.

Os últimos resultados da Blacklist International, ao vencer o evento de nível 3 Asia Pacific Predator League 2024, mostram que a equipa está no caminho certo para a glória.

Uma parceria de crescimento e inovação

Desde a sua criação em dezembro de 2022, a Blacklist Rivalry não só entrou na arena do Dota 2, como também se qualificou para eventos de prestígio de nível 1, como o ESL One Kuala Lumpur 2023 e o Bali Major 2023. A renovação desta parceria não é apenas a continuação de uma colaboração de sucesso, mas uma expansão centrada na “narrativa criativa” e em activações centradas nos fãs. Estas iniciativas incluem encontros e cumprimentos, novos episódios da série documental UnRivaled e experiências interactivas em eventos de Dota 2.

A lista de 2024 revelada

Com a renovação da parceria, a Blacklist Rivalry também anunciou sua lista de jogadores para 2024, com os notáveis Abed Azel ‘Abed’ L. Yusop, Kim ‘Gabbi’ Santos, Timothy John ‘Tims’ Randrup, Juan ‘Carlo’ Chua Manalo e Jinn Marrey ‘Palos’ Lamatao. Este alinhamento sublinha a ambição da equipa de competir ao mais alto nível e solidifica ainda mais a posição da Blacklist Rivalry no cenário competitivo do Dota 2.

Para além do Dota 2

O envolvimento da Rivalry com a Blacklist International vai para além do Dota 2. A casa de apostas também estabeleceu uma parceria com o ex-jogador profissional de League of Legends Filipe ‘Ranger’ Brombilla de Barrios, demonstrando um amplo interesse no domínio dos desportos electrónicos. Além disso, a G2 Esports e a Blacklist International colaboraram no lançamento de uma equipa de Wild Rift, a G2 Blacklist, que opera a partir das Filipinas, o que realça a natureza expansiva destas parcerias[1]. A Blacklist International é conhecida pelo seu sucesso na divisão Mobile Legends: Bang Bang, com a sua equipa sediada nas Filipinas a conquistar o campeonato mundial em 2021. Este pedigree em esports móveis, combinado com seus empreendimentos em esports baseados em PC, como Dota 2, mostra o portfólio diversificado e bem-sucedido da organização.

Uma visão para o futuro

Tryke Gutierrez, CEO da Tier One Entertainment, mostrou-se entusiasmado com o futuro da parceria, enfatizando o objetivo de transformar a Blacklist Rivalry numa equipa de topo capaz de competir com os melhores do mundo. O foco continua a ser a promoção de uma cultura vencedora e o aprofundamento do envolvimento dos fãs através de narrativas convincentes e experiências interactivas.

Esta parceria entre a Blacklist International e a Rivalry representa um compromisso significativo não só para o sucesso competitivo da Blacklist Rivalry, mas também para melhorar a experiência dos adeptos e promover o crescimento dos desportos electrónicos no Sudeste Asiático e não só. À medida que a parceria entra no seu segundo ano, a comunidade dos desportos electrónicos aguarda ansiosamente as iniciativas inovadoras e as realizações competitivas que surgirão desta colaboração.

Leave a comment